14 de setembro de 2012

Desabafos sobre o estado das coisas

Infelizmente há pessoas que gostavam de poder ver e não têm essa capacidade.
E depois há aqueles que até conseguem ver, mas que parecem completamente cegos.  



Sinceramente, sinto-me em ebulição. Sinto-me cada vez mais revoltada.
Pelo que vi ontem na entrevista e pelo que já li hoje, acho que este senhor nos anda a gozar. Veste este papel de homem muito preocupado com o estado na nação, mas pelo seu nervosismo e hesitação, percebe-se completamente que não faz a mais pequena ideia do que anda a fazer, desprezando os reais problemas das pessoas.

E agora pergunto: o que podemos fazer para o tirar do poleiro? É que para eles é isso que estes cargos representam: poleiros que lhes permitem do alto da sua arrogância, arrasar com quem é realmente sério e trabalhador.

Chega!! Temos de dizer chega e correr com eles dali. Como? Não sei, mas acho que não podemos deixar que ele avance com estas medidas estapafúrdias que apenas nos conduzirão para um abismo ainda maior.

Tenho 26 anos, no próximo ano vou casar e construir uma vida com o meu namorado. Trabalho há vários anos, e mesmo enquanto estive desempregada, tudo fiz para não depender de ninguém. E agora dou comigo a repensar a minha vida toda e nos meus planos a curto/médio prazo. Sei que não posso nem quero ficar à espera de tempos melhores para avançar com a minha vida, mas estas medidas cortam-nos as pernas. Fazem com que todos nós fiquemos com a corda na garganta e sem perspectivas de melhoria. Fazem-me repensar tudo, ter de fazer ainda mais contas, e perceber que no fundo que as soluções são muito poucas.

Sinto-me realmente revoltada. Acho mesmo que está na altura de dizermos todos um grande BASTA!!!! Já chega de nos gozarem!!

(A este propósito convido-vos a ler este texto de Daniel Oliveira)

7 comentários:

Sheena disse...

Dou os parabéns à paciência dos jornalistas e equipa técnica! Nestas alturas é preciso ter muito estômago para não descambar! Parabéns ao profissionalismo, haja quem o tenha!
VI um Passos Coelho nervoso, mal preparado e completamente aterrorizado!
Já me disseram que a edição de hoje da entrevista que passou em formato mais reduzido não o mostra assim... Milagres da edição...ou melhor, milagres da censura!

Opinante disse...

Que chulo pá!

Não me vem outro nome à cabeça!!

Pretty in Pink disse...

Pois é, eu sinto-me tal e qual...Acho que esse senhor devia abrir os olhos e ver como em França se está a resolver a situação...

Beijinho*

Wendy disse...

Eu já nem sei o que dizer ou reivindicar mais (mas hei-de conseguir arranjar mais palavras ;))
O texto do Daniel Oliveira está excepcional e é exactamente dessa forma que penso.

S* disse...

Ai se eu pudesse ir à manif... raiva.

Mamã de Peep-Toe disse...

Apesar de também sentir o mesmo que tu,eu não o culpo,porque ele não decide nada!!Quem decide são os lobbies e eles contornam-o muito bem.Ele é uma marioneta nas mãos deles.É tudo um bando de corruptos e se for para lá outro a merda é igual.Eu não queria estar na pele dele.Isto já vem de anos e governações corruptas e desgovernadas.Este pode não ser o caminho,mas quem vier tbm não vai conseguir fazer nada!!

Quélih disse...

Tamos mali mali... grrr