5 de junho de 2012

Sines

Ontem fui a Sines. 
Nunca lá tinha ido e gostei bastante. Só foi pena estar vento. 
Almocei por lá e comi muito bem! O restaurante era um restaurante normalíssimo e o serviço era digamos que aceitável. Mas havia um pequeno aspecto que não me sai da cabeça e marcou este almoço. 
É que o senhor que me serviu, e que parecia o dono ou o chefe de sala, não tinha nenhum dos dentes da frente. Ele não era de muitos sorrisos, mas percebia-se perfeitamente esta ausência quando falava, e confesso que reparei de imediato assim que ele abriu a boca.

Não tenho nada contra pessoas sem dentes (até porque sei quanto custa arranjar os dentes em Portugal), mas parece-me que estar à frente de um estabelecimento, a receber os clientes e até a servir às mesas assim, não dá muito bom aspecto. Aliás sempre achei que para ter um trabalho deste género, um dos requisitos era ter boa apresentação. Eu sei que o senhor (que era um rapaz novo) não estava sujo nem nada disso, mas lá que foi estranho foi! 

Deixo-vos com uma foto da vista do Castelo de Sines:


4 comentários:

O Sexo e a Idade disse...

Ai meu Deus agora é que me matas!
Tantas saudades de Sines e desta baía!
Namorei por aí tanto com o meu homem!!!

amiga da onça disse...

Duvido que ele reúna condições para atender ao público.
E medicina do trabalho não vai? É obrigatório.
Falta de dentes também é uma questão de saúde.

amiga da onça disse...

Tenho que fazer um "desvio" para vir ao teu blog.
E ás vezes não me lembro...
Mete lá a janelinha "seguir este blog" :)

Anónimo disse...

posso dizer que entre as maravilhosas sardines on carvon (e digo que a fasquia ficou muito alta para este ano) aquelas batatas cozidas regadas com azeite/alho/oregãos, o Espanhol a comer uma Navalheira de 1/2Kg sozinho, o meu jarro de Tinto da casa e a tua Beleza. não reparei nesse pormenor.