17 de novembro de 2012

Revoltante

Em pleno Século XXI, uma notícia como esta deixa-me completamente doente! É revoltante, a sério. Ora vejam:

"Uma mulher, de 31 anos, morreu na sequência de um aborto espontâneo por, alegadamente, os médicos do hospital irlandês onde foi atendida se terem recusado a interromper-lhe a gravidez apesar de Savita Halappanavar correr risco de vida.
foto Reuters
Mulher morre por recusa de aborto na Irlanda
A Irlanda tem uma das leis mais restritivas da União Europeia no que diz respeito ao aborto, o que já lhe valeu duras críticas por parte dos tribunais comunitários. De acordo com o marido de Savita, a mulher - que estava grávida de 17 semanas - pediu várias vezes aos médicos do hospital de Galway que lhe fizessem um aborto porque sofria de fortes dores.
Os clínicos recusaram alegando que o feto estava vivo e recordando ao casal que a Irlanda "é um país católico".
A mulher, de nacionalidade indiana e dentista de profissão, acabou por sofrer um aborto espontâneo e morreu de septicemia (infeção generalizada do sangue) no dia 28 de outubro.
As autoridades irlandesas já abriram um inquérito para averiguar o que se passou. O relatório será conhecido dentro de três meses."

JN
É que aqui nem estamos a falar do livre direito de opção da mulher. Estamos a falar de um aborto espontâneo, que a levou à morte. Esta mulher deve ter sofrido durante horas até morrer. :( 

10 comentários:

*C*inderela disse...

Também é muito católico deixar uma mulher morrer de dores ... Enfim.

Bjokas

O Sexo e a Idade disse...

É que nem consegui ler tudo!
Dão-me acessos de raiva estas coisas e fico capaz de correr tudo a varapau!

Clementine disse...

Estas coisas revoltam-me...ai que mundo este!

amiga da onça disse...

Deve de ter sofrido imenso, já assisti a um aborto espontâneo e a mulher sofreu horrores tendo sido recusada ajuda por parte da médica.
(mas isto são outras estórias)

Amiga vais ao jantar de Natal?

AvoGI disse...

as Testemunhas de jeová tb deixam morrer por causa da religião,

a sepsis anda a matar muitas gente ultimanente a miha tia e sogra morrerem num espaço de quatro meses
kis :=)

S* disse...

Há coisas inexplicáveis. :(

Wendy disse...

Que nojo! Desprezível. A Irlanda, um país tão desenvolvido para umas coisas... isso é uma atrocidade que devia ser punível por lei. Espero que levem a sanção que merecem!

amiga da onça disse...

Amiga deixei-te um email.
Beijinhos e bom domingo.

Noa disse...

Não consigo imaginar o que ela terá sofrido antes de morrer... Enfim!

Mamã de Peep-Toe disse...

Dentista?Que gente atrasada!!!Sinceramente....